sábado, 1 de setembro de 2018

Conduta Ética




Ter uma postura ética no trabalho compreende determinadas atitudes, tais como:

  • Nunca introduzir alimentos novos ou medicação sem o conhecimento prévio da família.
  • Não gritar, assustar ou chantagear a criança.
  • Não impor castigos, bater ou ameaçar a criança com superstições, crendices populares, mitos folclóricos, ET., (Saci-Pererê, mula-sem-cabeça, bicho-papão, homem do saco etc.).
  • Não comentar assuntos íntimos da criança ou fornecer dados da família.
  • Não fazer fofocas para outras pessoas, expondo a vida particular da familia onde você trabalha e muito menos sobre o comportamento da criança.
  • Não mentir para a criança, pois não consegue estabelecer uma relação de confiança.
  • Não mentir ou omitir fatos para a família.
  • Não justificar erros que possa ter cometidos e sim aceitar e reparar o ocorrido.
  • Não usar a imagem da criança para autopromoção ( caso de pais famosos).
  • Manter a discrição e o silencio quando presenciar brigas ou discussões entre os familiares.
  • Não disputar a atenção ou afeto da criança com os pais.
  • Não competir com os pais, pois a relação deve ser profissional.
  • Quando sentir indisposição ou mal-estar físico, comunicar à família, evitando comprometer negativamente o seu relacionamento.
  • Manter a alegria e o otimismo que auxiliam muito nas relações interpessoais
  • Comunicar com antecedência quando desejar demitir-se da função e de preferência afastar-se gradativamente da criança para não causar traumas maiores. Afinal, para a criança é difícil compreender como alguém entra e sai na sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário